Eturb, da prefeitura de Teresina, faz licitações no valor de R$ 11,3 milhões

A Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), da prefeitura de Teresina, fará licitação no dia 31 de janeiro do ano em curso a partir das 9h visando “aquisição de combustível tipo GLP – Gás Liquefeito de Petróleo com transporte por conta da CONTRATADA, por demanda, para o uso exclusivo da Usina de Asfalto desta PMT.”

O procedimento tem valor de R$ 6,720 milhões e faz parte do processo administrativo n° 00081.000302/2021-67 (acesse aqui)

Como parte do processo n° 00081.000799/2021-34, a prefeitura de Teresina, por meio da Eturb, fará procedimento licitatório avaliado em R$ 4,669 milhões.

Objetiva “a contratação de empresa para os serviços para locação das máquinas descritas abaixo para o uso exclusivo da usina de asfalto desta PMT, conforme condições, especificações, quantidades, exigências e estimativas estabelecidas neste instrumento” (veja aqui).

Compartilhar:
9 dias

Carlos Said, o “Magro de Aço”, comemora 91 anos de idade

Compartilhar:
12 dias

Os maiores crimes do PT no Piauí

1- 450 mil pobres a mais desde  2017. Cerca de meio milhão de piauienses vivendo na extrema pobreza. Dados IBGE;

2- Segunda maior taxa de analfabetismo do país. 16% a partir de 15 anos.
Alagoas 17%
Parnaíba/Piauí 16%
Brasil 7%

3- 86% da população não têm acesso a saneamento básico. Isso corresponde hoje a 2,752 milhões de habitantes;

4- 24% não têm acesso a água tratada. 768 mil pessoas;

5- Monitor nacional da violência indica: Piauí tem o pior desempenho do Nordeste. Menor redução de mortes violentas. 0,1% nos anos 2019/2020. No Ceará 48% a 59%;

6- Relatório CGU 2021 2° lugar Piauí: R$ 21 milhões em desvios nos recursos de combate à pandemia. Ceará 1° lugar nacional com desvios de R$ 60 milhões.

7- Operação Topique. Desvios de R$ 200 milhões no transporte escolar. R$ 100 milhões na merenda escolar. R$ 58 milhões operação Satélites. Envolve seguintes integrantes do governo: Rejane Dias, Helder Jacobina, Ronald Moura, Pauliana Ribeiro, Luiz Carlos Magno da Silva (dono da empresa de veículos Locar);

8- Fabricação e compra de respiradores na empresa Tron de Parnaíba R$ 4,3 milhões repassados pela Fapepi. Consórcio Nordeste R$ 4,7 milhões. R$ 55 milhões Secretaria de Saúde do Estado. Deputado Pablo Santos saiu da Fundação Hospitalar. 50 mil doses de vacina desapareceram.

9- governo deve aos hospitais do interior cerca de R$ 160 milhões. HPP's e cofinanciamento. Municipalizou e não repassou recursos.

10- Escândalo do Ginásio Verdão. Repassou para empresa de Raniery Pinto. Associado de Paulo Guimarães, dono do Meio Norte, antigo companheiro de Wellington Dias desde que este tomou posse no governo. Reforma R$ 14 milhões.

11- R$ 5 mil por dia em alimentação para a residência do governador. Aluguel da própria casa. Cerca de R$ 15 mil por mês. R$ 180 mil por ano. Em sete anos (sempre o sete) R$ 1,260 milhão.

12- Nomeação de políticos fracassados nas últimas eleições para cargos no governo.

13- Porto de Luís Correia. Desvios de R$ 21 milhões. Denúncia do MPF.

14- Escândalo da Secult. Dinheiro para jornalistas do Meio Norte. Uma jornalista do PT recebeu dinheiro para fazer um livro. E fez. Não se sabe se os recursos foram devolvidos. Dinheiro era para artistas prejudicados pela pandemia.

15- Escândalo do Centro de Convenções. R$ 25 milhões jogados no lixo. Privatizado recentemente.

16- Taxação dos aposentados. 14% valor.

17- Elevação impostos combustíveis e energia elétrica. Média 31%.

18- Empréstimos Finisa R$ 922 milhões. Caixa Econômica Federal.

19- Operação Onzena Polícia Federal Desvios Covid Sesapi.

20- Operação Campanille. Campanário. Polícia Federal, CGU e MPF.

21- Não paga reajuste aos professores. 2020 12,84%

22- Caso dos Queimados. Sete jovens perderam a vida.

23- O genocídio da maternidade Evangelina Rosa. 350 natimortos por ano. Novo hospital sendo construído há dez anos. Agora tenta coincidir com agenda eleitoral 2022.

24- Governador condenado pagamento R$ 1,2 bilhão aos professores relativos aos precatórios Fundeb.

25- TCU realiza investigação especial Fundação Hospitalar gestão de Pablo Santos terá que devolver R$ 2 milhões. Empresas empresas Dimensão Distribuidora de Medicamentos Eireli e Disnomed (Distribuidora Nogueira de Medicamentos Ltda). Superfaturamento

26- O filho do governador Wellington Dias (PT), Vinícius Ribeiro Dias, além de José Denilson do Rego Marques e Francisco José de Almeida Viana, foram condenados pelo juiz de direito Aderson Antonio de Brito Nogueira ao ressarcimento dos danos causados ao erário no valor de R$ 34,173 mil. Uso ilegal de aeronave oficial em passeio ao litoral.

27- Campanha política extemporânea Rafael Fonteles

28- Condenação TCU por repassar dinheiro de convênios para a conta única. Agiotagem com dinheiro público.

29- Caso Algodões. Estouro da barragem em 29 de maio de 2009. 15 pessoas perderam a vida, propriedade, criações e outros pertences.

30- governador comprou casa milionária 1 milhão e meio de reais; alugou a própria casa para o governo do estado

Obs- Se você tiver alguma informação complementar, por favor deixe nos comentários ou envie para [email protected] Obrigado, #emfrente. (Toni Rodrigues)

 

Na foto acima, destaque para o porto de Luís Correia, que consumiu cerca de R$ 25 milhões nas gestões do PT. Veja a situação em que hoje se encontra a estrutura.

aproximadamente 1 mês

Não fui o primeiro, nem serei o último, mas continuo aqui!

Olá, pessoal.

Estou nessa luta do jornalismo há exatos 33 anos.

Ao longo de todo esse tempo já fiz muitas denúncias.

Produzi reportagens especiais, ganhei prêmios de jornalismo.

Em diversas vezes, e quase sempre, fui campeão de audiência, tudo isso graças à minha postura firme contra a corrupção, contra as oligarquias, o acúmulo de poderes nas mãos de poucas pessoas, a ausência de alternância no poder.

O dinheiro público tem que ser gasto com o povo e tem que ser feito de forma transparente.

Pois bem, assusta-me quando vejo alguns jornalistas dizerem que foram os primeiros a criticar o poder, a questionar os excessos do tribunal de contas do estado, do palácio de karnak, do palácio da cidade, dos prefeitos municipais, câmaras de vereadores, etc.

E todos os processos de que fui vítima? Tudo para tentar me impedir de continuar dizendo a verdade...

E as agressões que continuo sofrendo cotidianamente por parte do governo, de elementos pagos pelos poderosos de plantão, que me chamam de jornalista parcial, dizem que sou desacreditado, mas não capazes de responder aos questionamentos de minhas matérias, todas feitas com base em criteriosa apuração de fatos...

Nem sempre os documentos podem me amparar porque são ocultos, vide o verdadeiro labirinto que é o portal de transparência do governo do estado.

Não fui o primeiro a fazer jornalismo de denúncia, de questionamento.

Antes de mim, no Piauí, tivemos o Jornalista Dondon (Antônio Santana Castelo Branco).

Tivemos Francisco Figueiredo (Chiquinho do Povo), Deoclécio Dantas, Carlos Augusto, Donizetti Adalto e tantos outros.

Não, não é a primeira vez que o poder está sendo questionado no Piauí.

Os danos que me causaram os meus perseguidores foram irreparáveis. Não os esquecerei nunca.

E não posso aceitar que ninguém venha dizer que está fazendo algo que nunca foi feito ao questionar os governos, até porque fizemos no passado recente e continuamos fazendo, de forma continuada, porque essa é uma missão e não uma ocasião.

Vi muitos surgirem e saírem do sistema por conta de eleições. Enquanto isso estamos aqui, continuaremos aqui.

É isso.

(Toni Rodrigues)

aproximadamente 1 mês
Exibindo registros 1 - 25 de um total de 272
Aviso de cookies
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Saiba mais na nossa Política de privacidade