Economia

Brasil tem 12,3 milhões de jovens que não estudam nem trabalham

Publicado em: Segunda-feira, 03 de Janeiro de 2022, 16:17h - Por: Redação
Compartilhar
DAVI PINHEIRO/GOVERNO DO CEARA;
O número de “nem-nem” teve um salto durante a pandemia, em 2020.

Até o segundo trimestre de 2021, jovens de até 29 anos representavam 30% dos chamados “nem-nem”. Os “nem-nem” são pessoas que nem estuda nem trabalha. Os dados constam em consultoria IDados.

Isso significa 12,3 milhões de pessoas, cifra que supera a população da Bélgica. O número de “nem-nem” teve um salto durante a pandemia, em 2020. Em 2021, os números recuaram um pouco, mas continuam acima do nível pré-covid 19.

São quase 800 mil pessoas a mais ante o primeiro semestre de 2019 – quando o grupo representava 27,9% dos jovens até 29 anos. O problema é que desde 2012 o número está em crescimento. Naquela época, os nem-nem eram 25% da faixa etária (ou 10 milhões).


Fonte: Gazeta Brasil

Aviso de cookies
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Saiba mais na nossa Política de privacidade