Educação

Há 72 dias em greve por reajuste salarial de 33,44%, professores da rede pública estadual de ensino gritam por socorro no Palácio do Karnak

Publicado em: Quinta-feira, 05 de Maio de 2022, 13:48h - Por: Efrém Ribeiro
Compartilhar
Divulgação

Há 72 dias em greve por reajuste salarial de 33,44%, professores da rede pública estadual de ensino gritaram por socorro, na manhã de quinta-feira (5), em manifestação no Palácio do Karnak, no centro de Teresina, mas a governadora Regina Sousa (PT)  não os atendeu.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Piauí, Paulina Almeida, disse que desta vez os protestos dos professores tiveram a adesão dos estudantes da Unidade Escolar São Paulo, no conjunto Parque Piauí, na zona Sul de Teresina.

Paulina Almeida afirmou que todas as quintas-feiras os grevistas farão manifestação  no Palácio do Karnak contra a intransigência  de Regina Sousa nas Quintas Resistentes.

A estudante Júlia Portela, de 16 anos, estudante do terceiro ano do ensino médio da  Unidade Escolar São Paulo declarou que quer fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para Licenciatura por querer ser professora, mas está prejudicada porque passou dois anos com aulas virtuais e agora o ano já está na metade e não teve nenhum ano de aula.

"Eu quero fazer Enem para Fisioterapia, mas este ano eu vou fazer apenas por experiência porque sem aulas eu fico prejudicado", declarou Samuel dos Santos e Silva, que estuda o terceiro ano do ensino médio na Unidade Escolar São Paulo.


Fonte: Efrém Ribeiro

Aviso de cookies
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Saiba mais na nossa Política de privacidade