Esportes

São Paulo leva susto, mas atropela 4 de Julho e avança na Copa do Brasil

Publicado em: Quarta-feira, 09 de Junho de 2021, 12:36h - Por: Redação
Compartilhar

Goleada histórica (com vaga!)

São Paulo superou o 4 de Julho após dois duelos e avançou às oitavas de final da Copa do Brasil. Até aí, tudo normal. No entanto, a classificação teve roteiro com mais reviravoltas do que se imaginava para o Tricolor, que goleou por 9 (isso mesmo, NOVE) a 1 na noite desta terça-feira, no Morumbi, depois de ter perdido o jogo de ida da terceira fase por 3 a 2, no Piauí, e sofrido um gol com pouco mais de 30 segundos dentro de casa. Desta vez com titulares, o time de Hernán Crespo construiu o placar com naturalidade, sendo muito superior ao rival de Série D, mas viu um 4 de Julho valente – além do gol logo cedo, o time do Piauí tentou atacar, acertou o travessão uma vez e exigiu boas defesas de Tiago Volpi. O atual campeão paulista levou um susto, mas empilhou gols e atingiu o resultado esperado: vai em frente na Copa do Brasil. Assista aos melhores momentos da goleada no Morumbi:

Melhores momentos de São Paulo 9 x 1 4 de Julho pela Copa do Brasil

Melhores momentos de São Paulo 9 x 1 4 de Julho pela Copa do Brasil

Como fica?

Classificado, o São Paulo aguarda o rival das oitavas, que sairá após novo sorteio na CBF – ainda sem data marcada. A próxima fase do torneio está marcada para começar apenas no fim de julho. 

Placar mostra goleada do São Paulo sobre o 4 de Julho

Placar mostra goleada do São Paulo sobre o 4 de Julho (Foto: Marcos Ribolli)

Tricolor faz história

A goleada sobre o 4 de Julho foi a segunda maior do São Paulo no Morumbi, perdendo apenas para os 10 x 0 sobre o Botafogo-PB, em 2001, também pela Copa do Brasil. O artilheiro da noite foi Pablo, com três gols. Veja a entrevista do atacante:

Pablo comemora classificação e goleada em cima do 4 de Julho: "Hoje ficou provado o tamanho do São Paulo"

Pablo comemora classificação e goleada em cima do 4 de Julho: "Hoje ficou provado o tamanho do São Paulo"

Mas antes...

O 4 de Julho teve seu momento de brilho no Morumbi. Depois de ter vencido o jogo de ida por 3 a 2, em Teresina, o time piauiense aprontou logo aos 30 segundos e abriu o placar com Dudu Beberibe. O curioso é que ele é torcedor fanático do São Paulo e se emocionou com o gol improvável no lugar em que sonhou estar... mas nas arquibancadas.

Gol do 4 de Julho! Dudu Beberibe invade a área e abre o placar com menos de um minuto do 1° tempo

Gol do 4 de Julho! Dudu Beberibe invade a área e abre o placar com menos de um minuto do 1° tempo

Primeiro tempo

Com pouco mais de 30 segundos de jogo, o placar já mostrava 1 x 0 para o 4 de Julho – após erro de Reinaldo na saída do São Paulo, a bola chegou em poucos passes a Dudu Beberibe, que tocou na saída de Tiago Volpi, abriu o placar e se emocionou. O sonho do time piauiense, porém, foi se apagando conforme o Tricolor se arrumava em campo. A formação bastante ofensiva, com o argentino Rigoni ganhando chance aberto pelo lado direito, logo encontrou brechas na marcação rival e foi construindo a virada naturalmente. Luciano marcou primeiro, de cabeça. Pablo virou após passe do mesmo Luciano, que recebeu em posição duvidosa e rolou para o companheiro. O terceiro foi de Gabriel Sara, de cabeça, após ótimo cruzamento de Rigoni da direita. O São Paulo ainda teve dois gols de Pablo anulados por impedimento – ambos aparentemente em posição legal. Com Esquerdinha, de falta, o 4 de Julho ainda deu um susto no fim – a bola acertou o travessão.

Gol do São Paulo! Luciano recebe cruzamento e aparece livre para empatar, aos 16' do 1°T

Gol do São Paulo! Luciano recebe cruzamento e aparece livre para empatar, aos 16' do 1°T

Segundo tempo

As pernas do 4 de Julho pesaram, e o São Paulo passeou nos minutos finais. O time piauiense teve um pênalti não marcado logo no início, de Igor Vinícius em Dudu Beberibe, e um chute lindo de Ítalo Pica-Pau que Tiago Volpi se esticou para defender. Depois, só deu Tricolor, muito superior e diante de um rival cansado. Os gols foram saindo naturalmente: Pablo, Rigoni, Bruno Alves, Chico Bala (contra), Pablo e Luciano. Nove a um no placar, e muito respeito no apito final. Os jogadores do 4 de Julho tiraram fotos e marcaram um dia histórico, apesar da derrota. Os do São Paulo reconheceram o esforço do adversário, que se preocupou só em jogar futebol.

Gol do São Paulo! Vitor Recife perde a posse de bola, Rigoni recupera e chuta rasteiro para marcar, aos 17' do 2° tempo

Gol do São Paulo! Vitor Recife perde a posse de bola, Rigoni recupera e chuta rasteiro para marcar, aos 17' do 2° tempo

Central do Apito

Sandro Meira Ricci viu impedimento no segundo gol do São Paulo, analisou dois gols anulados de Pablo (um bem e o outro mal anulado, segundo o comentarista da Globo) e viu pênalti de Igor Vinícius em Dudu Beberibe no início do segundo tempo. "Faz falta o VAR", definiu Sandro. O árbitro de vídeo só entra na Copa do Brasil a partir das oitavas de final.

Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci comenta segundo gol do São Paulo e impedimento: "Faz falta o VAR"

Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci comenta segundo gol do São Paulo e impedimento: "Faz falta o VAR"

Atuações do São Paulo

São Paulo 9 x 1 4 de Julho: Pablo e Luciano

São Paulo 9 x 1 4 de Julho: Pablo e Luciano (Foto: Marcos Ribolli)

O que vem por aí?

O São Paulo volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Atlético-MG, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O 4 de Julho se concentra na Série D e recebe o Imperatriz no próximo sábado, às 19h, na Arena Colorada.

Aviso de cookies
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Saiba mais na nossa Política de privacidade