Policial

Facção Bonde dos 40 resgata 16 presos da Casa de Detenção Provisória de Altos

Publicado em: Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, 14:00h - Por: Efrém Ribeiro
Compartilhar

Facção Bonde dos 40 resgata 16 presos da Casa de Detenção Provisória de Altos 
Efrém Ribeiro

A facção criminosa Bonde dos 40 resgatou, na noite de quinta-feira (4), 16 presos por homicídios, assaltos e estupros da Ala 2 da Casa de Detenção Provisória de Altos (42 km de Teresina). 
Foram resgatados os integrantes da facção criminosa Bonde dos 40 Maicon Pereira da Silva,
Davi Albuquerque de Sousa Barros, Iago Oliveira da Silva;
Murilo Gabriel Oliveira Gomes, Jeremias Oliveira Nascimento, Carlos Adriano da Cruz Silva, Paulo Sergio Gomes dos Santos,
Mateus Pereira da Silva,
José Hilson Alves de Sousa,
Willames da Conceição Alves, Josué Sena Rosa, 
Leandro Alves de Araujo,
Lailson Dias Almeida, 
Gustavo Martins de Sousa,
Guilherme da Silva Ribeiro Paz e Roberto Wilamy Pereira dos Santos.
A Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) divulgou nota  admitindo que não sabia a dinâmica do resgate dos 16 presos pelo Bonde dos 40,  que está apurando como ocorreu a fuga e disse que estão realizando diligências para prender os fugitivos.
A fuga aconteceu  após a Operação Translatio, realizada na  terça-feira (2), que transferiu 180 detentos que seriam da facção criminosa PCC porque havia um plano para dominar três presídios do Piauí. 
Os detentos foram remanejados da Penitenciária Irmão Guido, Casa de Detenção Provisória de Altos e da Cadeia Pública de Altos. 
A Sejus disse que o  plano de dominação de presídios na capital Teresina  foi descoberto pelo serviço de Inteligência da Secretaria de Justiça do Piauí. 
"Os líderes da facção criminosa já estariam recrutando detentos de facções rivais oferecendo desde assessoria jurídica a auxílio financeiro a familiares. No sistema prisional já registrados detentos rasgando a camisa, termo usado para decretar a mudança de facção", diz a nota da Secretaria Estadual de Justiça.

Aviso de cookies
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Saiba mais na nossa Política de privacidade